Posts

O conserto de elevadores se faz necessário em qual ocasião? Quem vive ou trabalha em prédios e edifícios mais altos já está acostumado a usar elevadores diariamente e nem sempre paramos para pensar sobre como àquela máquina funciona e nem quais os cuidados importantes que devem ser tomados para mantê-la em funcionamento e sem colocar a segurança das pessoas em risco.

É para tudo isso que existe a manutenção e conserto de elevadores, um tema extremamente importante e que deve ser levado em consideração pela administração dos condomínios. Você tem dúvidas sobre esse assunto? Não sabe qual o período ideal entre cada manutenção e nem quais os pontos mais importantes sobre esse serviço? Então continue a leitura e veja todas as dicas importantes que listamos abaixo!

Manutenção e conserto de elevadores deve ser mensal

A manutenção preventiva é extremamente importante, e é ela que garante que nenhum acidente acontecerá com as suas máquinas. Mas, para que exista eficiência, é essencial respeitar o prazo estipulado, que é de um mês entre uma manutenção e outra.

Muitas pessoas acabam não considerando esse prazo, acreditando que, pelo fato dos seus elevadores não estarem apresentando nenhum problema visível, a manutenção não precisa ser feita. Realizar o conserto de elevadores quando os mesmos apresentam problemas é o mínimo que um síndico pode fazer para garantir o bem estar dos condôminos. 

Mas, se preocupar com a manutenção preventiva é uma das coisas mais importantes, pois o elevador pode já ter uma peça em processo de desgaste e quando o problema aparecer, já pode ser tarde. Por isso que, na maioria das vezes, uma manutenção periódica pode ser mais econômica para um prédio do que o conserto de elevadores em casos de avarias. 

Conferência de portas automáticas

Toda vez que for realizado conserto de elevadores de carga, monta-carga ou de pessoas, as portas automáticas devem ser conferidas. Isso porque as portas automáticas são itens importantes para manter a segurança dos passageiros, impedindo a queda em fossos abertos e outras situações de risco. 

Parece algo tão simples, mas muitos são os casos de pessoas que não verificam se o elevador realmente se encontra parado no andar, e assim que as portas se abrem acabam caindo no fosso e causando graves acidentes. 

Para se prevenir desse e outros problemas existe a manutenção e conserto de elevadores, pois evita que as portas se abram sozinhas ou ainda que se abram sem que o elevador esteja realmente parado no andar. Caso você note que é muito fácil abrir a porta do elevador em questão, interdite a máquina e chame imediatamente a assistência, pois esse é um indício claro de problemas.

Funcionamento do sistema de alarme e de comunicação

Em uma situação de emergência, é o sistema de alarme e o interfone que garantirá a segurança dos passageiros, além de trazer mais tranquilidade ao passageiro, até que o problema seja resolvido. Mas, é claro que para isso, é essencial que esses itens estejam em pleno funcionamento. 

Por isso, essa é uma parte importante da manutenção preventiva mensal – realizando uma inspeção minuciosa e evitando que problemas nesses equipamentos coloquem em risco a vida dos seus passageiros.

Vistoria completa deve ser feita uma vez por ano

Além das manutenções mensais e o conserto de elevadores quando necessário, é essencial que a equipe realize uma inspeção mais detalhada, ao menos, uma vez por ano, analisando o funcionamento da casa de máquinas, o estado geral das peças dos elevadores e até outros detalhes que podem interferir na segurança, como a falta de sinalização adequada ou de bom uso das máquinas pelos condôminos.

Cuide também da casa de máquinas

Muitos síndicos pensam que os cuidados com os elevadores devem se restringir apenas aos equipamentos, mas isso não é verdade. A casa de máquinas é um espaço extremamente importante e também deve ter cuidados específicos, visando a sua correta preservação.

É fundamental que o acesso a esse ambiente seja restrito, evitando que moradores ou pessoas não autorizadas entrem no local. Quando você for inspecionar esse local, fique atento a possíveis manchas de óleo no chão ou infiltrações, que podem indicar problemas e riscos à segurança.

Também é essencial garantir que esse local não seja usado para fins de depósito ou almoxarifado, complicando o acesso da equipe especializada quando uma manutenção de emergência precisar ser realizada, por exemplo.

Sinalize quando a manutenção estiver sendo realizada

É muito importante que o síndico ou os administradores do condomínio se lembrem de avisar os moradores de que a manutenção ou conserto de elevadores será realizado em determinado dia e horário, além de deixar isso claro através de sinalizações – se certificando de que todos saibam que o elevador em questão não está em uso no momento.

Você pode usar placas de sinalização no térreo e na garagem, além de colocar placas nas portas dos elevadores em todos os andares, evitando que alguém desavisado tente acionar o equipamento. Outro ponto importante é garantir que, durante a manutenção, as chaves de energia elétrica sejam desligadas.

Problemas principais dos elevadores

Muitas falhas do equipamento podem ser evitadas com inspeção e manutenção preventiva adequada. A manutenção regular ajuda a reduzir o consumo de energia em 15%.

Longos tempos de espera e quebras frequentes refletem um sinal de desgaste. Superaquecimento, alto consumo de energia e baixo fator de potência podem não ser problemas óbvios, mas incorrem em altos custos. A implementação de práticas simples de manutenção de motores e conserto de elevadores pode ajudar a diminuir as despesas e o tempo de inatividade.

Abaixo, examinamos alguns dos problemas mais comuns do elevador e fornecemos soluções para evitar o tempo de inatividade do elevador:

Problema: Polias Desgastadas

Solução: Reestruturação da polia

As roldanas gastas colocam desgaste extra nas cordas, o que, por sua vez, aumenta o nível de desgaste nas roldanas. Isso cria um ciclo de destruição para os dois principais componentes.

As roldanas podem ser recolocadas ou substituídas para evitar falha prematura do cabo, portanto, vale a pena verificar os perfis das ranhuras para consultar como está o encaixe entre as cordas e a roldana.

Problema: falha de energia

Solução: Inspeção por infravermelho

Os elevadores exigem uma grande quantidade de energia principalmente em edifícios comerciais, de modo que as atualizações na tensão do sistema podem afetar as operações do motor ou até danificar o sistema do elevador. Elevadores com histórico de falhas no motor ou problemas de operação devem ser submetidos a uma pesquisa de qualidade de energia. A termografia por infravermelho mede mudanças drásticas de temperatura e pode identificar possíveis pontos de problemas antes que causem falhas de alto custo no sistema.

Problema: Contaminação

Solução: Análise de óleo e lubrificação

Quando o desgaste ocorre, pequenas partículas de metal são liberadas no óleo e podem interferir no bom funcionamento do sistema de elevador. Da mesma forma, lubrificação inadequada ou vedações desgastadas podem causar contaminação. Chame uma empresa confiável para verificar se há indícios no óleo que possam comprovar contaminação ou desgaste dentro de um motor.

Uma alta presença de bronze no óleo da caixa de engrenagens pode indicar desgaste prematuro na coroa de um elevador de engrenagens ou alta concentração de alumínio no tanque hidráulico pode indicar desgaste da carcaça da bomba em um elevador hidráulico.

Problema: Rolamentos barulhentos ou mau funcionamento do rolamento

Solução: Absorventes indutivos

Você sabia que o mau funcionamento do rolamento causa mais da metade de todas as falhas do motor? Rolamentos barulhentos são frequentemente atribuídos a vibrações dentro do motor. Embora os inversores de frequência variável sejam úteis para diminuir o uso de energia do seu motor, eles introduzem corrente de modo comum – um subproduto prejudicial que pode aumentar essas vibrações a níveis perigosos através do desgaste prematuro do rolamento causado por corrente perdida.

Uma solução para esse problema pode ser utilizar absorvente indutivos que absorvem as correntes e protegem seu sistema contra possíveis falhas. Além disso, assegure-se de que todos os aterramentos estejam protegidos e conectados para minimizar problemas causados por ruídos elétricos no solo que possam danificar os sistemas.

Problema: Acionamento do motor desalinhado

Solução: Alinhamento do motor

Quando um motor elétrico é acoplado a outra peça de equipamento, o alinhamento do eixo se torna crítico. Sem alinhamento correto, os rolamentos do motor começam a se desgastar. O desalinhamento do eixo pode ser detectado usando equipamento avançado de medição a laser ou simplesmente empregando uma régua e uma corda.

5 principais dicas de manutenção de elevadores

Manter seus elevadores em ótimas condições de trabalho é vital para mover pessoas para dentro e fora de seu prédio, sejam clientes, funcionários ou moradores com segurança. Procurando evitar uma parada repentina do elevador? Siga estas cinco dicas fáceis para garantir a manutenção adequada e a viagem segura de todos os passageiros.

1- Mantenha um registro dos problemas operacionais do seu elevador

Qualquer problema que ocorrer no seu elevador você deve registrar, por menor que seja o problema. Anote também ruídos estranhos e os horários que eles costumam acontecer e identifique padrões dentro dessas anotações. Quando for chamar a empresa de manutenção dos elevadores, você terá todo um relatório para reportar e facilitar o trabalho dos responsáveis.

2- Realize inspeções diárias

A realização de inspeções diárias é de suma importância para verificar se não há nenhum defeito ou avaria no elevador. Se estiver em condições normais, basta seguir em frente. Caso tenha algum problema, anote. 

3- Evite produtos de limpeza industriais

Os mecanismos internos de um elevador podem ser propensos à corrosão quando uma substância inadequada é utilizada. Produtos de limpeza industriais fortes podem causar corrosão e levar a falhas mecânicas internas.

Para evitar esse problema é extremamente contra-indicado o uso de produtos de limpeza nos elevadores, a menos que você tenha um produto de limpeza recomendado pelo fornecedor do elevador. 

4- Siga as recomendações de peso do fabricante

Se seus elevadores forem usados ​​para o transporte de cargas ou itens pesados ​​em geral, verifique se a equipe que gerencia esse processo está ciente das indicações de peso para seus elevadores. 

Sobrecarregar um elevador pode causar um desgaste das peças, levando a problemas de funcionamento e colocando em risco os passageiros. Evite transportar algo que pesa mais de um quarto da capacidade máxima total do elevador. Você deve instalar outro elevador de serviço e manutenção dedicado para atender a essas necessidades, se forem necessárias para o seu prédio ou empresa.

5- Acompanhe os serviços de manutenção de elevadores

É essencial que, quando os serviços de manutenção e conserto de elevadores forem realizados, alguém acompanhe as equipes, analisando os serviços que estão sendo feitos e se as peças trocadas estão condizentes com a ficha de detalhamento da manutenção. Esse acompanhamento pode ser feito tanto pelo síndico, como pelo zelador ou por alguém da administração.

Conte com uma empresa idônea para manutenção

A manutenção de elevadores é um serviço extremamente importante, capaz de garantir a segurança de todos os condôminos e visitantes. Justamente por isso deve ser realizada por uma empresa confiável, conhecida no setor e com experiência e expertise na área.

Na hora de encontrar a prestadora de serviços ideal, busque saber mais sobre a respeitabilidade da marca, o grau de capacitação dos funcionários, se a empresa possui um engenheiro responsável, se possui autorização de funcionamento e também quais serviços constam no contrato de manutenção.

O mínimo que se espera é que, em uma visita mensal, os técnicos realizem a lubrificação dos componentes, realizem testes de segurança e façam a limpeza geral e pequenos ajustes. Se isso não estiver sendo feito no seu condomínio, ou se o nível de serviço prestado esteja abaixo do esperado, talvez seja o momento certo de realizar a troca da empresa de manutenção de elevadores.

A Espel Elevadores é uma empresa com mais de 30 anos de experiência no setor e que trabalha com fabricação, instalação e manutenção de elevadores residenciais, prediais, elétricos ou hidráulicos

Artigos relacionados:

Já fez a manutenção preventiva e corretiva esse ano? Gostou desse conteúdo? Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto, deixe um comentário pra gente!

Fontes: 

http://www.mowreyelevator.com/industry-updates/5-things-know-elevator-maintenance/
https://blog.devicemagic.com/elevator-maintenance-checklist-what-to-include

[avs_toc]

    Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos

    A manutenção em elevadores de carga é necessária? Os elevadores de carga facilitam o dia a dia em indústrias de todos os segmentos, transportando grandes volumes com praticidade e eficiência. Porém, para que exerçam com perfeição o papel para o qual foram projetados, é preciso que passem por averiguações constantes. Mas, você sabe por que a manutenção em elevadores de carga é realmente necessária? Descubra no post de hoje.

    Prevenção contra acidentes e falhas no elevador

    Um dos principais problemas que a falta de manutenção em elevadores de carga pode causar é a falha no sistema. Isso significa que o equipamento pode deixar de transportar cargas com eficiência e segurança, suas portas podem começar a travar, os botões podem deixar de funcionar, etc.

    Melhoria do desempenho do elevador

    A manutenção no elevador de carga também traz o melhor desempenho para o equipamento. O serviço engloba cuidados que vão da limpeza aos ajustes e inspeções mais detalhadas, o que permite que o elevador de carga seja rápido e eficiente todos os dias.

    Consequentemente, a empresa ganha em níveis de produtividade, eficiência e economia, resultantes da movimentação de carga feita de forma correta.

    Veja também quanto custa um elevador de carga!

    Onde realizar a manutenção em elevadores de carga

    Caso a manutenção esteja em dia, as falhas são evitadas e o equipamento funciona em seu melhor potencial. Afinal, a manutenção preventiva verifica mensalmente a máquina, identificando previamente algo que pode vir a se tornar o problema antes que ele, de fato, ocorra. Importante também periodicamente uma verificação completa, a fim de checar o estado das peças, a sinalização e demais itens do equipamento.

    Mas, para se beneficiar do serviço de forma tão completa, é preciso que a manutenção seja feita por uma empresa especializada. Na Espel, você encontra tudo o que precisa para o projeto de elevador de carga industrial e uma manutenção de elevadores de excelência, sempre que necessária.

    Leia nosso artigo sobre benefícios do elevador de carga vertical.

    Quer saber por que fazer a manutenção de elevadores com a Espel? Fale conosco!

    [avs_toc]

      Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos

      Sabe da importância de ter um plano de manutenção preventiva de elevadores? Investir em um projeto de elevador de alta qualidade é o primeiro passo para melhorar a acessibilidade e o conforto de quem precisa se locomover entre os andares de um edifício – ou mesmo de uma residência. Isso porque é preciso ter uma série de cuidados com o produto, para garantir seu bom funcionamento ao longo dos anos. O plano de manutenção preventiva de elevadores faz parte desses cuidados.

      Saiba mais sobre esse serviço, indispensável para todos os tipos de equipamento, no artigo de hoje.

      Quando é realizado o serviço?

      O objetivo do plano de manutenção preventiva de elevadores é localizar problemas antes que eles, de fato, apareçam e resultem em verdadeiros transtornos para os usuários do elevador, como uma cara e prolongada manutenção corretiva. O ideal é que a manutenção preventiva ocorra mensalmente, para que uma equipe especializada confira frequentemente os componentes do produto.

      Porém, além das manutenções mensais, independentemente do tipo de elevador – elevador de carga, para prédios comerciais ou residências – uma vistoria mais completa deve ser feita anualmente.

      Como é feita a manutenção preventiva de elevador?

      A manutenção preventiva de elevadores inclui a limpeza, regulagem, lubrificação e ajuste geral do equipamento. São observados, por exemplo, o nível de ruído; estado dos trilhos, cabos de aço, polias, correntes; o fluído hidráulico e etc.

      No caso das verificações, também há a análise da casa de máquinas, do estado das peças (o que ajuda a identificar com antecedência os itens que precisam ser substituídos), a sinalização e o uso do elevador pelas pessoas.

      Quais os benefícios da manutenção preventiva de elevadores?

      Por fim, a importância do plano de manutenção preventiva de elevadores reside no fato de que o serviço traz uma série de benefícios para o local onde o equipamento está instalado. Dentre eles, a redução do risco de paradas e acidentes; o menor custo com manutenção corretiva e substituição de peças; e a melhoria na qualidade das viagens – do tempo de espera pelo elevador à suavidade das paradas nos andares e pleno funcionamento dos botões e luzes.

      Além disso, vale lembrar que o serviço aumenta a vida útil do elevador, o que é fundamental tanto em prédios comerciais e residenciais, quanto nas indústrias.

      Leia também esses conteúdos:

      Precisa de uma empresa especializada em manutenção preventiva de elevadores para garantir o bom funcionamento dos equipamentos e o máximo conforto para os usuários? Fale com a Espel!

      [avs_toc]

        Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos

        A manutenção em elevadores é extremamente importante. Afinal, este equipamento é necessário para suprir a necessidade do transporte de pessoas e materiais em prédios verticais e precisam ter a devida manutenção periódica.

        Portanto, a manutenção preventiva dos equipamentos inclui inspeções, vistorias periódicas, entre outras medidas a fim de garantir a segurança durante o transporte. E convenhamos que qualquer tipo de problema com o funcionamento dos elevadores é motivo para gerar irritação nos usuários. Então, a melhor coisa é manter a manutenção sempre em dia.

        A manutenção de elevadores não deve ser um problema, e sim uma ação preventiva para evitar qualquer tipo de transtorno aos usuários.

        Com o intuito de incentivar e alertar sobre a manutenção em elevadores, escrevemos este artigo com problemas possíveis de serem evitados ao manter os equipamentos sempre em ordem. Confira!

        2 problemas que você evita ao fazer a manutenção em elevador

        Equipamento parado

        Um elevador parado por defeito técnico é uma situação muito inconveniente, seja em um edifício comercial ou residencial. É um fato que gera estresse nos usuários, e muitas reclamações. A manutenção preventiva pode  prever falhas nos equipamentos e antecipar soluções.

        Altos custos com manutenção de elevador

        O intuito da manutenção preventiva é justamente prever problemas e promover reparos antes que os problemas se agravem, evitando gastos com corretivas desnecessárias.

        Manutenção de Elevadores Espel

        A Espel Elevadores conta com uma equipe altamente qualificada que realiza a manutenção mensal preventiva nos elevadores. É realizada uma inspeção minuciosa efetuando limpeza, regulagem, lubrificação e ajuste geral. Desse modo, é proporcionado o funcionamento eficiente e econômico dos equipamentos.

        O controle da manutenção é feito através de um cartão de manutenção preenchido item a item no decorrer da preventiva. Logo, estes dados são enviados diretamente para o sistema interno da empresa, permitindo acesso a todas as informações relativas aos seus equipamentos.

        Sabendo os problemas que podem ser evitados com a manutenção preventiva em elevadores, que tal agendar para seu equipamento? Entre em contato com um especialista Espel Elevadores e saiba mais detalhes.

        [avs_toc]

          Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos

          A manutenção de elevador pode ser preventiva ou corretiva e torna-se indispensável para garantir o pleno funcionamento dos equipamentos e evitar insatisfação dos condôminos. Quem mora ou trabalho em prédios e edifícios mais altos já está acostumado a usar os elevadores diariamente – e nem sempre paramos para pensar sobre como àquela máquina funciona e nem quais os cuidados importantes que devem ser tomados para mantê-la em funcionamento e sem colocar a segurança das pessoas em risco.

          É para tudo isso que existe a manutenção de elevador, um tema extremamente importante e que deve ser levado em consideração pela administração dos condomínios. Você tem dúvidas sobre esse assunto? Não sabe qual o período ideal entre cada manutenção e nem quais os pontos mais importantes sobre esse serviço? Então continue a leitura e veja todas as dicas importantes que separamos!

          Manutenção de elevadoR deve ser feita mensalmente

          A manutenção preventiva é extremamente importante, e é ela que garante que nenhum acidente acontecerá com as suas máquinas. Mas, para que exista eficiência, é essencial respeitar o prazo estipulado, que é de um mês entre cada manutenção.

          Muitas pessoas acabam não considerando esse tempo, acreditando que, porque seus elevadores não estão “demonstrando” nenhum problema, a manutenção não precisa ser feita. Mas é justamente nesse pensamento que mora o perigo, afinal é possível que o seu elevador não “demonstre” nenhum problema, mas um desgaste de uma peça importante já esteja ocorrendo – e quando a avaria aparecer, já pode ser muito tarde.

          Portas automáticas precisam ser conferidas na manutenção de elevador

          As portas automáticas são itens importantes para manter a segurança dos passageiros, impedindo a queda em fossos abertos e outras situações de risco. Parece algo tão simples, mas muitos são os casos de pessoas que não verificam se o elevador realmente se encontra parado no andar, e assim que as portas se abrem acabam caindo no fosso.

          Para evitar essa (e muitas outras questões) é que a manutenção de elevadores é tão importante, evitando que as portas se abram sozinhas ou ainda que se abram sem que o elevador esteja realmente parado no andar. Caso você note que é muito fácil abrir a porta do elevador em questão, interdite a máquina e chame imediatamente a assistência, pois esse é um indício claro de problemas.

          Funcionamento do sistema de alarme e de comunicação

          Em uma situação de emergência, é o sistema de alarme e de interfonia que garantirá a segurança dos passageiros e até mesmo a manutenção da calma, até que o problema seja resolvido. Mas, é claro que para isso, é essencial que esses itens estejam em pleno funcionamento. Por isso, essa é uma parte importante da manutenção preventiva mensal – realizando uma inspeção minuciosa e evitando que problemas nesses equipamentos coloquem em risco a vida dos seus passageiros.

          Vistoria mais completa deve ser feita uma vez por ano

          Além das manutenções mensais, que são extremamente importantes, é essencial que a equipe realize uma inspeção mais detalhada, ao menos, uma vez por ano, analisando o funcionamento da casa de máquinas, o estado geral das peças dos elevadores e até outros detalhes que podem interferir na segurança, como a falta de sinalização adequada ou de bom uso das máquinas pelos condôminos.

          Cuide também da casa de máquinas

          Muitos síndicos pensam que os cuidados com os elevadores devem se restringir apenas aos equipamentos, mas isso não é verdade. A casa de máquinas é um espaço extremamente importante e também deve ter cuidados específicos, visando a sua correta preservação.

          É fundamental que o acesso a esse ambiente seja restrito, evitando que moradores ou pessoas não autorizadas adentrem no recinto. Quando você for inspecionar esse local, fique atento a possíveis manchas de óleo no chão ou infiltrações, que podem indicar problemas e riscos à segurança.

          Também é essencial garantir que esse local não será usado para fins de depósito ou almoxarifado, complicando o acesso do pessoal especializado quando uma manutenção de emergência precisar ser realizada, por exemplo.

          Sinalize quando a manutenção estiver sendo realizada

          É muito importante que o síndico ou os administradores do condomínio se lembrem de avisar os moradores de que a manutenção será realizada em determinado dia e horário, além de deixar isso claro através de sinalizações – se certificando de que todos saibam que o elevador em questão não está em uso no momento.

          Você pode usar placas de sinalização no térreo e na garagem, além de colocar placas nas portas dos elevadores em todos os andares, evitando que alguém desavisado tente acionar o equipamento. Outro ponto importante é garantir que, durante a manutenção, as chaves de energia elétrica sejam desligadas.

          Analise a possibilidade de fazer um contrato de manutenção com peças

          Hoje, a maior parte das empresas de manutenção de elevador possui dois tipos de contratos: os que necessitam de prévia liberação para a troca de peças e os que já contam com o valor da troca das peças. Este último é uma ótima ideia para trazer mais agilidade ao seu serviço de manutenção.

          Assim, quando as equipes constatarem algum problema, automaticamente já realizarão a troca da peça defeituosa, sem excesso de burocracia e sem deixar o seu elevador parado por dias esperando a autorização da administração do prédio, por exemplo.

          Além disso, você garante que todas as peças usadas possuem procedência, já que são certificadas pela empresa de assistência, que conhece o setor e que, se for de confiança, com certeza usará apenas peças de qualidade comprovada.

          Sempre acompanhe os serviços de manutenção de elevador

          É essencial que, quando os serviços de manutenção forem realizados, alguém acompanhe as equipes, analisando os serviços que estão sendo feitos e se as peças trocadas estão condizentes com a ficha de detalhamento da manutenção. Esse acompanhamento pode ser feito tanto pelo síndico, como pelo zelador ou por alguém da administração.

          Cuide para a escolha de uma empresa idônea

          A manutenção de elevador é um serviço extremamente importante, capaz de garantir a segurança de todos os condôminos e visitantes. Justamente por isso deve ser realizada por uma empresa idônea, conhecida no setor e com experiência e expertise na área.

          Na hora de encontrar a prestadora de serviços ideal, busque saber mais sobre a respeitabilidade da marca, o grau de capacitação dos funcionários, se a empresa possui um engenheiro responsável, se possui autorização de funcionamento e também quais serviços constam no contrato de manutenção.

          O mínimo que se espera é que, em uma visita mensal, os técnicos realizem a lubrificação dos componentes, realizem testes de segurança e façam a limpeza geral e pequenos ajustes. Se isso não estiver sendo feito no seu condomínio, ou se o nível de serviço prestado está abaixo do esperado, talvez seja o momento certo de realizar a troca da empresa de manutenção de elevadores.

          Leia mais sobre o assunto:

          Gostou desse conteúdo? Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto, deixe um comentário pra gente!

          [avs_toc]

            Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos

            A manutenção preventiva de elevadores deve ser uma preocupação constante de qualquer síndico. Ser síndico não é uma tarefa fácil, afinal são inúmeras questões que estão sob a sua responsabilidade, como o orçamento do condomínio, a gestão fiscal e contábil, o gerenciamento dos funcionários, o bem- estar dos condôminos e muitas outras.

            Além de todas essas atribuições, nos prédios comerciais ou residenciais que possuem elevadores, ainda é preciso ficar atento às condições desses equipamentos e à sua manutenção, evitando problemas graves que podem colocar a vida das pessoas em risco.

            Você é síndico e não sabe quais são os pontos importantes que precisa se atentar sobre os elevadores no seu prédio? Continue a leitura e veja os itens fundamentais que você precisa saber!

            1- Faça a manutenção periódica

            Definir qual será a empresa de manutenção preventiva de elevadores e qual a periodicidade do trabalho faz parte das suas atribuições. Portanto, não se esqueça de incluir essa atividade na sua lista de atividades. O ideal é que você conte com uma empresa parceira, que já conheça os seus equipamentos e que possa realizar uma vistoria em todas as máquinas mensalmente. Ou seja, conferir o estado dos sistemas de transmissão, dos freios de emergência, dos cabos de aço e do limitador de velocidade.

            2- É preciso ficar de olho nos problemas mais comuns

            Mesmo realizando a manutenção preventiva de elevadores dentro do período estipulado, eventualmente podem acontecer alguns sinais de mau funcionamento, como:

            • Mau contato no ajuste das portas com o pavimento;
            • Desalinhamento da barreira infravermelha (evitando que as portas se fechem enquanto algum passageiro está embarcando);
            • Luzes queimadas;
            • Velocidade fora do comum (muito rápido ou muito lento);
            • Ruído e vibrações.
            • Se notar algum desses problemas, o mais recomendado é SEMPRE buscar ajuda técnica o mais rápido possível, orientando os passageiros para que não usem o elevador até que o problema esteja solucionado.

            3- Síndico não é equipe técnica de manutenção de elevadores

            Muitos dos acidentes com elevadores acontecem por que os síndicos e zeladores acreditam que podem resolver sozinhos os problemas que as máquinas podem apresentar. Isso significa que, ao detectarem alguns dos problemas que citamos acima, eles tentam por conta própria dar fim à questão.

            Porém, na grande maioria das vezes, essas pessoas não possuem nenhum conhecimento técnico sobre manutenção preventiva de elevadores e acabam agravando a situação, colocando a vida dos passageiros em risco e deles próprios, além de tornarem os reparos muito mais onerosos.

            4- Empresas de manutenção de elevadores precisam ter engenheiros responsáveis

            Na hora de escolher a melhor empresa de manutenção preventiva de elevadores, muitos síndicos pensam apenas na parte financeira, buscando economizar e equilibrar o caixa do condomínio. Mas, saiba que é importante considerar outros aspectos técnicos, como a presença de um engenheiro responsável devidamente credenciado no CREA.

            Ter essa precaução evita, por exemplo, pagar por um serviço que não será totalmente executado ou que será feito de forma inadequada, sem seguir as regulações da ABNT e colocando a vida dos passageiros em risco. Empresas com valores abaixo do mercado precisam ser vistas com atenção, porque muitas vezes não possuem equipe técnica qualificada e nem realizam todos os serviços de manutenção indicados, ou ainda não usam peças e equipamentos próprios, piorando a situação do elevador.

            5- Elevadores antigos precisam ser modernizados por questões de segurança

            Prédios muito antigos podem contar com elevadores igualmente antigos, com tecnologias e modos de funcionamento que não estão adequados às novas normas de segurança da ABNT, isso pode acabar se configurando em riscos excessivos aos usuários, com chances maiores de panes, quedas e paradas.

            Para evitar todas essas situações, o melhor é contratar uma empresa especializada na modernização de elevadores, oferecendo sistemas modernos e seguros que aumentam a vida útil do elevador, melhoram a segurança dos passageiros e reduzem os custos com manutenções constantes.

            6- É dever do síndico orientar sobre o uso adequado dos elevadores

            Muitos dos problemas enfrentados com os elevadores acontecem devido ao mau uso dos mesmos. Ou seja, pessoas que apertam excessivamente o botão de chamada, que não respeitam a capacidade máxima de transporte, que derrubam líquidos dentro da cabine ou que têm atitudes agressivas, como pular dentro da cabine.

            Todas essas situações podem fazer com que o elevador deixe de funcionar como deveria e acabe necessitando de manutenções mais frequentes, aumentando os custos do condomínio e, claro, comprometendo a segurança dos passageiros.

            Nesses casos, o síndico pode (e deve) orientar sobre o cumprimento de medidas de segurança, para que as mesmas sejam cumpridas, evitando situações de perigo, como o uso do elevador em caso de incêndio ou o uso de elevador por crianças desacompanhadas.

            Como você pode notar, o síndico possui um papel muito importante quando falamos sobre manutenção de elevadores, impedindo que problemas mais graves aconteçam com os passageiros e ainda garantindo que todos os elevadores funcionem em perfeito estado.

            Gostou desse conteúdo? Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as nossas novidades!

            [avs_toc]

              Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos

              Você tem consciência do que a falta de manutenção em elevadores pode gerar de problemas para o seu condomínio? Os elevadores são itens cada vez mais presentes em prédios residenciais e comerciais, condomínios e até em algumas residências, trazendo mais conforto e tranquilidade para as pessoas.

              Porém, para que essas máquinas continuem a funcionar adequadamente é essencial que a manutenção de elevadores seja feita de forma correta e periódica.

              Apesar disso, nem todo mundo se atenta a essa necessidade, e acaba acreditando que alguns sinais como barulhos e dificuldades em fechar a porta são normais devido ao uso do equipamento.

              Ignorar esses indícios ou ainda tentar fazer a manutenção sem uma equipe especializada são erros que costumam acontecer e que podem colocar em risco a vida das pessoas que usam o elevador.

              Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura e saiba tudo sobre a manutenção em elevadores.

              Manutenção em elevadores: como deve ser feita?

              É muito importante salientar que a manutenção em elevadores SEMPRE deve ser realizada por uma equipe técnica credenciada e que conte com um engenheiro responsável devidamente credenciado no CREA.

              Muitos síndicos e até moradores acreditam que podem, sozinhos, resolverem os problemas que os elevadores apresentam, mas essa falta de perícia e de técnica pode ser ainda mais perigosas do que a negligência com a manutenção, colocando em risco a vida das pessoas que usam o equipamento.

              Por isso, é essencial contar com uma equipe realmente especializada, com registro atualizado para a realização desse tipo de serviço.

              Para os que residem na capital paulista, o síndico poderá solicitar à empresa o RIA (Relatório de Inspeção Anual) – item obrigatório a todas as empresas e que deve ser emitido anualmente, tanto online como em cópia física para o síndico, sendo que o mesmo deverá ser fixado no quadro de avisos.

              Para aqueles prédios antigos, o cuidado com a manutenção de elevadores deverá ser redobrado, já que eles estão mais suscetíveis a acidentes e a maioria não segue às atuais normas da ABNT.

              Nestes casos, vale à pena investir em uma modernização dos equipamentos, adequando-os à legislação vigente.

              Além dos cuidados descritos, é muito importante não tentar “economizar” na hora de contratar a equipe de manutenção de elevadores, já que, muitas vezes, as empresas com preços mais baixos podem não realizar todos os reparos necessários, o que pode resultar em problemas futuros.

              É fundamental contar com um consultor técnico, que irá avaliar a necessidade de todo o prédio e toda a documentação da empresa para que o condomínio tenha garantias de um bom serviço e de idoneidade.

              Vale salientar que, por lei, todos os elevadores (incluindo os de carga e os residenciais) devem passar por uma manutenção, pelo menos, uma vez por ano – independente de eles apresentarem ou não problemas visíveis.

              O QUE A FALTA DE MANUTENÇÃO DE ELEVADORES PODE GERAR?

              Existem várias situações problemáticas que podem ser causadas justamente pela falta de manutenção em elevadores.

              As manutenções periódicas, geralmente, incluem alguns serviços essenciais, como: a limpeza e a lubrificação de peças, o teste do alarme e dos intercomunicadores e a análise de todo o equipamento de elevador, garantindo que tudo está funcionando adequadamente.

              Caso esses procedimentos não sejam feitos dentro do prazo ou de forma adequada, algumas situações podem acontecer, como:

              • Portas do pavimento e da cabine podem se abrir com o elevador em movimento;
              • As botoeiras externas e internas podem não funcionar;
              • A cabine pode parar em desnível com o pavimento;
              • A cabine pode parar entre os andares;
              • Os cabos de tração podem se romper, levando a queda do elevador;
              • Algumas pessoas podem ficar presas dentro do elevador;
              • Pode existir dificuldade no transporte de pessoas ou de cargas;
              • As quedas e outros problemas podem levar a acidentes graves e até a morte dos passageiros.

              Cuidados importantes para manter e evitar manutenção de elevadores desnecessárias

              Isso tudo pode acontecer devido ao desgaste natural das peças das máquinas ou também pelo uso incorreto do equipamento. Também é importante observar para que os elevadores não sejam usados de maneira incorreta, como:

              • Zelando para que o limite de peso máximo seja respeitado;
              • Orientando para que crianças pequenas não andem desacompanhadas;
              • Orientando para que os usuários não acionem várias vezes o botão de chamada (já que essa ação pode fazer com que o acionamento fique registrado no sistema elétrico e seja ativado em ocasiões não programadas);
              • Evitando que os usuários derramem líquidos na cabine, pulem ou façam brincadeiras perigosas.

              Quando um problema acontecer, o que devo fazer?

              Se você não realizou a manutenção em elevadores e algum problema aconteceu, o ideal é primeiro tentar manter a calma e logo em seguida acionar uma empresa certificada que poderá fazer o reparo da máquina.

              Caso o elevador em questão esteja com passageiros, tente se comunicar com os mesmos através do interfone, deixando-os calmos e passando orientações importantes, como:

              • Aguardar a chegada do socorro;
              • Não tentar forçar a porta e nem sair do elevador com a porta aberta pela metade (já que o equipamento poderá subir ou descer repentinamente);
              • Não tentar sair pelo teto do elevador;
              • Evitar falar muito, já que pode haver certa restrição de ar no espaço.

              Além disso, deverá evitar que outras pessoas não especializadas tentem realizar a manutenção no elevador e, após o resgate, é importante garantir que o elevador permaneça interditado e com as portas dos andares travadas, evitando que outras pessoas se acidentem. O equipamento somente poderá voltar a funcionar após a liberação da equipe técnica.

              Como você pode notar, realizar a manutenção em elevadores com periodicidade e com equipes preparadas e certificadas é muito importante e pode evitar que acidentes graves aconteçam. Ainda tem alguma dúvida sobre esse assunto? Fale com a Espel!

              [avs_toc]

                Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos

                Se você é síndico ou possui uma casa com elevador residencial já deve saber o quanto fazer a manutenção corretiva de elevadores é algo extremamente importante e que garante a segurança de todos que usam do equipamento diariamente.

                Porém, tão importante quanto realizar a manutenção corretiva de elevadores é realizar a manutenção preventiva, adequada e no tempo estipulado para evitar problemas. Outro ponto que deve-se estar atento está na escolha da equipe técnica, que deve realmente ter experiência na área, certificações e credenciais e ainda conhecer muito bem o funcionamento de uma ampla variedade de elevadores, garantindo que nenhum problema acabe “passando” durante a manutenção de elevador preventiva – e se torne fonte de acidentes.

                Está em busca de uma empresa de manutenção corretiva de elevadores, mas não consegue se decidir pela ideal? Continue a leitura e descubra porque a Espel é a sua melhor escolha!

                Experiência e expertise de mercado

                A Espel Elevadores atua no ramo desde 1986, isso significa anos de experiência e de conhecimento sobre o setor. E durante essas mais de 3 décadas, a empresa investiu em modernização de toda a sua estrutura de transporte vertical de cargas e de passageiros, conseguindo, dessa maneira, aliar tecnologia de ponta, com qualidade de serviços.

                Para manter o alto nível da sua marca, a Espel apenas conta com colaboradores realmente qualificados e que também possuem experiência variada atuando no ramo de elevadores, tanto na parte de manutenção e assistência técnica, como na modernização de equipamentos antigos e na produção e instalação de elevadores novos.

                O nosso time técnico ainda é formado por engenheiros mecânicos e elétricos, eletricistas e demais profissionais treinados para atender uma ampla gama de marcas, modelos e tipos de elevadores.

                Manutenção de elevador preventiva e corretiva de elevadores

                Nós da Espel Elevadores sabemos o quanto a manutenção é extremamente importante para o bom funcionamento e a segurança de todos os equipamentos. Por isso, investimos na capacitação constante dos nossos times de manutenção corretiva de elevadores e também corretiva, garantindo que nossos colaboradores possuem o mais alto conhecimento técnico e prático de todas as demandas que possam surgir nos nossos clientes.

                A nossa manutenção preventiva é realizada mensalmente, com uma inspeção minuciosa, a limpeza, a regulagem, a lubrificação e o ajuste geral de todos os elevadores sob nossa responsabilidade, garantindo aos nossos clientes que os elevadores inspecionados terão um funcionamento eficiente e econômico.

                Todo o controle dos nossos serviços de manutenção é realizado através de um cartão próprio destinado ao serviço que é preenchido item a item no decorrer do trabalho.

                Os dados colhidos in loco e resolvidos por nossos técnicos são enviados para o nosso sistema interno e podem ser acessados pelo cliente quando ele desejar, oferecendo total transparência sobre toda a nossa manutenção e também sobre o estado dos seus elevadores.

                Se algum problema grave for detectado durante a manutenção de elevador preventiva, ou algo acontecer com os seus elevadores, nós também dispomos de equipes de prontidão para realizarem a manutenção de elevador corretiva a qualquer hora do dia e da noite.

                Para isso, a Espel dispõe de uma oficina própria, contando com maquinários e ferramentas específicas para todas as demandas que possam surgir, além de um estoque de componentes compatíveis e proporcional a todos os tipos, modelos e marcas de elevadores que estão sob a nossa responsabilidade.

                Todas as trocas de peças apenas são realizadas mediantes a aprovação do cliente – mas, tudo de forma rápida, precisa e eficiente.

                Justamente por contarmos com materiais e equipamentos próprios é que podemos garantir mais agilidade no atendimento, fazendo com que as situações mais graves ou problemáticas possam ser resolvidas sem transtornos, mantendo a segurança de todos os usuários.

                Atendimento técnico rápido e eficaz

                Organização e disponibilidade de informação são itens essenciais para a Espel, por isso usamos um software próprio que permite o registro de todas as manutenções realizadas pelas nossas equipes.

                Isso garante que, a qualquer momento, nossos clientes podem solicitar atendimento ou ainda ter acesso a um relatório completo e preciso com todas as ocorrências e trocas de peças dos seus elevadores, com estatísticas e detalhes técnicos importantes.

                Além disso, ainda contamos com uma frota própria de automóveis e motocicletas, permitindo que nossos funcionários consigam atender todas as demandas de forma rápida e precisa, 24 horas por dia, durante 7 dias por semana.

                Nós ainda contamos com um amplo e variado estoque de peças originais e certificadas por uma vasta gama de marcas de elevadores, o que nos permite atender a uma variedade de tipos de chamados e ocorrências, de forma rápida, precisa e com muita qualidade – garantindo aos nossos clientes a procedência de todas as peças que trocamos.

                Laudos técnicos

                Em diversas cidades são exigidos dos condomínios que os mesmos mantenham uma cópia do laudo técnico de manutenção de elevador, garantindo que tudo está sendo realizado dentro da lei e no prazo estipulado, oferecendo segurança para os moradores.

                Nós da Espel oferecemos a todos os nossos clientes o laudo técnico dos elevadores aos quais prestamos serviços e enviamos uma cópia para a Prefeitura e outra para o condomínio, além de uma cópia da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) recolhida.

                Contratos diferenciados

                Com o tempo, notamos que nossos clientes tinham exigências diferentes em relação aos contratos de serviço e por isso hoje oferecemos dois tipos distintos:

                • Contrato de conservação: dispondo dos serviços de manutenção de elevador preventiva mensalmente, manutenção de elevador corretiva e assistência técnica, sendo que todas as vezes em que for necessária realizar a troca de algumas peças, o orçamento será apresentado antecipadamente para a aprovação e o conhecimento do cliente;
                • Contrato de manutenção de elevador: neste tipo de contrato, além dos serviços de manutenção preventiva realizados mensalmente, manutenção corretiva e assistência técnica, também estão incluídas as trocas de peças.

                Manutenções de elevador em órgãos públicos

                Não são apenas os condomínios e as residências que podem necessitar dos serviços de manutenção corretiva de elevadores, os órgãos públicos também costumam precisar dessa mão de obra.

                A Espel possui todo o respaldo jurídico, técnico e funcional, além de documentações que permitem a atuação junto aos órgãos públicos, sempre atendendo aos requisitos dispostos nas normas gerais sobre licitações.

                Atualmente, a Espel trabalha prestando serviço de manutenção corretiva de elevadores ou preventiva para vários órgãos públicos, confirmando a sua capacidade legal e qualificação técnica.

                Como você pode notar, a Espel possui uma ampla experiência e expertise em todos os setores relacionados à manutenção e à assistência técnica de elevadores em prédios comerciais, residenciais e públicos, garantindo agilidade e qualidade para todos os seus clientes.

                Já está convencido de que a Espel é a melhor escolha para os seus elevadores? Entre em contato agora mesmo com um dos nossos consultores e descubra como podemos ajudá-lo!

                [avs_toc]

                  Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos

                  O que se deve exigir ou saber na hora de contratar uma empresa de manutenção de elevadores? Essa é a pergunta que as pessoas fazem ao estar diante de uma situação de contratação de manutenção de equipamentos sob seus cuidados. Tem muita gente no mercado que costuma fazer “baratinho” ou mesmo aparecer com soluções tecnicamente discutíveis. É preciso estar atento!

                  Só uma empresa de manutenção de elevadores que segue alguns padrões mínimos exigidos por lei é que está habilitada para essa importante tarefa. Afinal de contas, estamos falando de segurança, da vida de pessoas que utilizam o meio.

                  Então separamos algumas dicas que devem ser observados na hora da contratação de uma empresa para fazer a manutenção do elevadores.

                  Pode parecer redundante ou simples demais, porém, é sempre bom lembrar e ter esses itens na ponta da língua para questionar os interessados em prestar o serviço. Vamos às dicas?

                  Ao contratar uma empresa de manutenção de elevadores, exigir o registro na Prefeitura e desconfiar de preços muito abaixo dos oferecidos no mercado.

                  Fazer constar do Contrato de Manutenção revisão preventiva mensal dos elevadores e uma vez por ano uma vistoria completa. Pedir, a cada inspeção, a ordem de serviço devidamente assinada. Verifique se os engenheiros responsáveis possuem registro no CREA. É obrigatório que a empresa tenha um engenheiro responsável. A empresa também deve possuir registro no CREA. Os elevadores devem passar por manutenção mensalmente.

                  Quando o elevador estiver em manutenção, as chaves de energia elétrica devem ser desligadas e o local em manutenção deve ser sinalizado para informar moradores e funcionários.

                  Pesquisas mostram que é no dia da manutenção que ocorre a maior incidência de acidentes e todo o cuidado é pouco, principalmente com a troca de horário de funcionários, placas de sinalização devem ser colocadas na garagem e no térreo, avisos devem ser afixado nas portas dos elevadores.

                    Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos

                    A manutenção preventiva de elevador tem o seu valor em qualquer prédio. Você sabe porque precisa investir nisso? O elevador é um equipamento incorporado do dia a dia do mundo moderno que as pessoas muitas vezes nem se dão conta de sua importância. É tão corriqueiro chegar e entrar num elevador quanto entrar em um automóvel. Um fator de segurança em ambas as máquinas é justamente a manutenção preventiva.

                    Mas o que é isso?

                    Manutenção Preventiva de equipamentos nada mais é do que uma ação de monitoramento do equipamento para que continue operando sempre da mesma forma que saiu da fábrica e, dessa maneira, prolongar a sua vida útil. Sejam sistemas e instalações, equipamentos mecânicos, elétricos, hidráulicos ou pneumáticos, com o passar dos tempos todos sofrem algum tipo de degradação em suas condições.

                    O principal objetivo da manutenção preventiva de elevador é evitar ou atenuar possíveis falhas para preservar e restaurar a confiança do equipamento. As manutenções podem ser totais e parciais.

                    Conheça alguns tópicos determinantes nos objetivos do plano de manutenção:

                    • Segurança – principal ponto a ser levado em consideração, uma vez que os equipamentos são ligados diretamente com a saúde e a vida das pessoas;
                    • Qualidade – uma manutenção confiável implica diretamente na tranquilidade dos usuários dos equipamentos;
                    • Custo – a manutenção preventiva de elevador impede o mau funcionamento e/ou quebra do equipamento, o que impede gastos maiores;

                    É com esse espírito de garantir eficiência nos equipamentos que instala ou elabora e executa o plano de manutenção que a Espel elevadores conta com uma equipe altamente qualificada para realiza a manutenção mensal preventiva nos elevadores, através de uma inspeção minuciosa realizando limpeza, regulagem, lubrificação e ajuste geral, proporcionando o funcionamento eficiente e econômico dos equipamentos.

                    O controle da manutenção preventiva de elevador é feito através de um cartão de manutenção preenchido item a item no decorrer da preventiva. E estes dados são enviados diretamente para o sistema interno da empresa, o que possibilita ao cliente acessar todas as informações relativas aos seus equipamentos a qualquer momento.

                    [avs_toc]

                      Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos