Tudo o que você precisa saber para comprar um elevador de qualidade

HomeÚltimas do BlogTudo o que você precisa saber para comprar um elevador de qualidade
tudo-o-que-voce-precisa-saber-para-comprar-um-elevador-de-qualidade

Comprar um elevador é uma decisão que deve ser muito bem planejada, levando em consideração as suas necessidades de uso e também o projeto arquitetônico do ambiente. Hoje em dia, os elevadores deixaram de estar presentes apenas em prédios comerciais e residenciais, e passaram também a ser destaque de casas com mais de um andar.

Os motivos para isso são vários, desde a popularização do elevador residencial (com preços mais interessantes), até as necessidades de conforto e de segurança dos moradores, principalmente com a preocupação com o envelhecimento.

Mas, se a demanda por elevadores aumentou, a quantidade de informações continua escassa, o que faz com que muitas pessoas tenham dúvidas na hora de comprarem um elevador de qualidade. Esse é o seu caso? Então veja os pontos principais que devem ser analisados!

Imóvel onde o elevador será instalado

Antes de sair à procura de empresas de elevadores, é primordial que você entenda muito bem quais são as suas necessidades no que se relaciona aos elevadores. O primeiro item que deverá ter a sua atenção é o Auto de Regularização da prefeitura da sua cidade, determinando a abrangência do uso do imóvel.

Isso porque os elevadores devem atender às exigências federais, estaduais e municipais, que podem ser diferentes dependendo do tipo de ocupação do imóvel. Alguns tópicos que podem ser analisados são: o fluxo de pessoas, o tipo de porta, a acessibilidade, o fechamento de caixa, o material da cabine e assim por diante.

Assim, busque estar ciente de todas essas informações antes de começar a procurar por um elevador de qualidade – afinal isso lhe poupará tempo e evitará muitos transtornos posteriores.

Uso que o elevador terá

Outro ponto importantíssimo está relacionado ao uso que o elevador terá, afinal, dependendo dos seus objetivos com o equipamento poderá ser mais ou menos indicado determinado modelo. Veja algumas informações que podem lhe ajudar:

  • residência: podem ser instalados elevadores para pessoas, elevadores para acessibilidade e elevadores para pessoas e cargas;
  • edifício residencial: podem ser instalados elevadores para pessoas, elevadores para acessibilidade e elevadores para cargas e pessoas;
  • edifício comercial: podem ser instalados elevadores para pessoas, elevadores para acessibilidade, elevadores para pessoas e cargas e elevadores para cargas pequenas;
  • comércio, fábrica, indústria, oficina ou ambiente de estoque e produção: podem ser instalados elevadores para pessoas, elevadores para pessoas e cargas, elevadores para cargas e elevadores para cargas pequenas.

Entender muito bem as suas necessidades ajuda a definir antecipadamente o tipo de elevador mais indicado para a sua obra, reduzindo as chances de erros ou de equipamentos que não suprem todas as suas necessidades – e que dentro de alguns anos terão de ser trocados.

Quantidade de andares e altura do imóvel

Se você está planejando comprar um elevador para pessoas (seja para sua casa, edifício residencial ou comercial) é essencial que você saiba qual é o percurso que o elevador deverá percorrer. Percurso é a distância vertical percorrida pelo elevador que vai do piso da primeira parada até o piso da última parada. Lembrando que o percurso sempre será menor que a altura do imóvel, já que desconsidera a última parada do elevador para fins de cálculo.

Definir essa medida é algo extremamente importante porque muitos modelos de elevadores possuem uso limitado de acordo com o percurso, além de existirem normas que garantem percursos mínimos e máximos dependendo do elevador que você escolher.

Outro ponto essencial é o cálculo de tráfego, algo que é exigido para a inclusão de elevadores em edifícios residenciais e comerciais. Ele considera o fluxo de pessoas para determinar o padrão mínimo que o elevador deverá atender, definindo e orientando: a quantidade de elevadores no edifício, a capacidade máxima de pessoas por elevador, a velocidade dos elevadores, a velocidade de abertura e fechamento das portas, e assim por diante.

As classes dos elevadores de carga

Se o que você precisa é de um elevador de carga, também existem alguns pontos que merecem a sua atenção. Entre eles estão as classes dos elevadores para essa finalidade, determinando a carga mínima que pode ser transportada. São elas:

  • classe A: carga comum, com carregamento e descarga manuais ou com o uso de empilhadeiras manuais. A carga nominal mínima deverá ser calculada com base de 250 kg/m² de área útil da cabina;
  • classe B: carga automotiva. O elevador é usado para transporte de veículos utilitários ou automóveis de passageiros. A carga nominal deverá ser calculada com base de 150 kg/m² de área útil da cabina;
  • classe C: indicado para carregamentos feitos com empilhadeiras motorizadas e outros carregamentos com grande concentração de carga.

 

Durante o carregamento, a carga na plataforma não deverá exceder 150% da carga nominal. A carga nominal deverá ser calculada a base de 250 kg/ m² de área útil da cabina.

A empresa que comercializa o elevador

De posse de todas essas informações, ficará mais fácil encontrar o modelo certo de elevador para as suas necessidades. Porém, também é preciso atenção na hora de encontrar a empresa adequada. Além do preço, é muito importante conferir outras informações, como:

  • tempo de atuação no mercado;
  • experiência e expertise dos funcionários;
  • presença de engenheiro responsável;
  • peças de manutenção (e quantidade em estoque);
  • opinião de outros usuários;
  • respeitabilidade da marca;
  • tecnologia usada nos elevadores;
  • garantias oferecidas;
  • serviços adicionais (como instalação, reforma e modernização de elevadores);
  • assistência técnica.

Vale à pena conferir se a empresa cumpre as legislações vigentes do setor, se o atendimento é feito de maneira adequada, se os funcionários possuem informações suficientes sobre o tipo de elevador que você procura e também às normas de segurança usadas na construção dos elevadores.

Outros pontos importantes estão relacionados ao contrato, definindo muito bem qual é o tempo de entrega e de instalação do equipamento, as garantias oferecidas pela empresa e também os serviços de manutenção.

E, então, após ler esse conteúdo, ficou mais fácil comprar um elevador de qualidade? Se você ainda tem dúvidas, deixe um comentário pra gente!